sábado, 21 de janeiro de 2017

Viver corpos de outros



Viver corpos de outros
abrir-me
em espreguiçar de ostras
ser solta
decifrar diálogos
de golfinhos
prender calcinhas em
pontas de estrelas
me virar pelo avesso
ser o reverso do
poema
e assim
alcançar você...
meu desejo
meu todo prazer!


Rosemary Barreto

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...