terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Quero ser PIPOCA!


Quero ser Pipoca!
A pipoca é um milho mirrado, subdesenvolvido. Do ponto de vista de tamanho, os milhos da pipoca não podem competir com os milhos normais.
A transformação do milho duro em pipoca macia é simbolo da grande transformação por que devem passar os homens para que eles venham a ser o que devem ser. O milho da pipoca não é o que deve ser. Ele deve ser aquilo que acontece depois do estouro.
Assim acontece com a gente. As grandes transformações acontecem quando passamos pelo fogo... O fogo é quando a vida nos lança numa situação que nunca imaginamos.

Pipoca que se recusa a estourar chama-se PIRUÁ.
Em Mina Gerais "piruá" é o nome que se dá às mulheres que não conseguiram se casar. Minha prima, passada dos 40, lamentava: "Fiquei piruá". Mas acho que o poder metafórico dos piruás é muito maior. Piruás são aquelas pessoas que, por mais que o fogo esquente, se recusam a mudar... A sua presunção e o seu medo são a dura casca do milho que não estoura. O destino delas é triste. Não vão se transformar na flor branca e macia. Não vão dar alegria a ninguém.

Quanto às pipocas que estouraram, são adultos que voltaram a ser crianças e que sabem que a vida é uma grande brincadeira...


Livro: As melhores crônicas de Rubem Alves
#
#
#
#
#

2 comentários:

RENATA PIRES disse...

Adoro esse texto...
Um beijo

Madá disse...

Flor... De Piruá você não tem nada... Tu estas mais para "Peruá"...rsrs... E quanto a ser pipoca, você é o que se pode chamar de pipoca em pessoa... Alegre, saltitante, festeira...
Beijinhos!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...