quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Geração Y


Dedico ao meu filho Renan, autêntico representante da Geração Y.
#
"VAMOS MUDAR O MUNDO!" Nos últimos 60 anos, três gerações marcaram época e mudaram os valores e o jeito de a sociedade pensar. Agora é a vez da Geração Y, eles já foram acusados de tudo: distraídos, superficiais e até egoístas. Mas se preocupam com o ambiente, têm fortes valores morais e estão prontos para mudar o mundo.
#
GERAÇÃO Y (a partir de 1978)
Com o mundo relativamente estável, eles cresceram em uma década de valorização intensa da infância, com internet, computador e educação mais sofisticada que as gerações anteriores. Ganharam autoestima e não se sujeitam a atividades que não fazem sentido em longo prazo. Sabem trabalhar em rede e lidam com autoridades como se eles fossem um colega de turma.
#
Você é da Geração Y? não? Veja quais são as outras.
#

GERAÇÃO X (1965 a 1977) - Nesse período, as condições materiais do planeta permitem pensar em qualidade de vida, liberdade no trabalho e nas relações. Com o desenvolvimento das tecnologias de comunicação já podem tentar equilibrar vida pessoal e trabalho. Mas, como enfrentaram crises violentas, como a do desemprego na década de 80, também se tornaram céticos e superprotetores.

BABY-BOOMERS (1946 a 1964) - São os filhos do pós-guerra, que romperam padrões e lutaram pela paz. Já não conheceram o mundo destruído e, mais otimistas, puderam pensar em valores pessoais e na boa educação dos filhos. Têm relações de amor e ódio com os superiores, são focados e preferem agir em consenso com os outros.

TRADICIONAIS (até 1945) - É a geração que enfrentou uma grande guerra e passou pela Grande Depressão. Com os países arrasados, precisaram reconstruir o mundo e sobreviver. São práticos, dedicados, gostam de hierarquias rígidas, ficam bastante tempo na mesma empresa e sacrificam-se para alcançar seus objetivos.

#

2 comentários:

RENATA PIRES disse...

Caramba... eu sou da geração X...

Maria José disse...

Eu sou da geração dos filhos do pós-guerra. Caramba!!!
Elayne, parabéns pelo Renan. Só uma mãe pode avaliar esta emoção. Você merece, pois sei o quanto é dedicada a ele. Esse menino vai longe...
Pode ter certeza. Beijos e um ótimo final de semana.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...