domingo, 23 de agosto de 2009

Curiosidade Literária - Alice no Pais das Maravilhas

Charles Lutwidge Dodgson, reverendo e professor de matemática, publicou no Natal de 1865, Alice no País das Maravilhas, ficando desde então, conhecido como Lewis Carroll. A popularidade do seu livro foi imediata, venderam-se milhares de exemplares, tendo sido a rainha Vitória uma das suas admiradoras, fato que a levou a chamar o escritor à sua presença. Declara ter gostado muito do seu livro, e pergunta-lhe se já escrevera mais algum. Lewis Carroll responde que sim. Sua majestade declara que pretende lê-los a todos, e pede-lhe que lhe envie um exemplar de cada. No dia senguinte chegou ao Palácio de Buckingham uma enorme encomenda, com todos os tratados de matemática escritos até então pelo reverendo e professor de matemática Charles Lutwidge Dodgson. Lewis Carroll, que explorou nas suas obras o nonsense, teve neste episódio, o seu auge. Se a rainha tinha algum sentido de humor, deve ter dado uma enorme gargalhada. Se não, deve-lhe ter apetecido cortar algumas cabeças, como faziam as rainhas das obras de Lewis Carroll.
Fonte: http://andrebenjamim.blogspot.com/2007/04/curiosidade-literria.html


Um pouquinho de Alice no Pais das Maravilhas:
A Lagarta e Alice olharam-se por algum tempo em silêncio.
Por fim, a Lagarta tirou o cachimbo da boca e dirigiu-se
a Alice com voz lânguida e sonolenta: “Quem é você?”
Não era um começo de conversa encorajador. Alice
respondeu muito tímida: “Eu... já nem sei, minha senhora, nesse
momento... Bem, eu sei quem eu era quando acordei esta
manhã, mas acho que mudei tantas vezes desde então...”
“O que você quer dizer com isto?” perguntou a Lagarta
com rispidez. “Explique-se melhor!”
“Acho que eu mesma não posso me explicar melhor, senhora”,
disse Alice, “porque eu não sou eu mesma, compreende?”
“Não, não compreendo”, respondeu a Lagarta.
“Temo não poder explicar melhor”, replicou Alice educadamente,
“porque eu mesma não posso entender, para começar...

Quer matar as saudades e ler o livro? Alice no Pais das Maravilhas.



2 comentários:

Jose Ramon Santana Vazquez disse...

...desde
donde
el
ruiseñor
elayne
abre
su
mirada
al
cielo
una
nube
vela
con
amor
tan
fragil
armonia
echa
amor
dentro
de
tu
corazon...



desde mis --- horas rotas----

te sigo elayne comparto tu bello blog

con un fuerte abrazo de emociones dentro.


afectuosamente
elayne :

jose
ramon....

Maria José disse...

Estou lhe oferecendo, de todo coração, o Selo Meme “A dona deste blog é atenciosa”. Passe lá para pegá-lo. Beijos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...