domingo, 14 de junho de 2009

O Espelho Mágico de Mário Quintana

#
#












      


Mário Quintana, poetando suas emoções e seus sentimentos, faz de si um espelho do mundo que o cerca, não raro abrindo mão de sua face dita angelical para refletir imagens da vida com fina ironia e, às vezes, com ácido sarcarmo. Aqui está uma pitada do Espelho Mágico:
##DA FELICIDADE
Quantas vezes a gente, em busca da aventura,
Procede tal e qual o avozinho infeliz:
Em vão, por toda parte, os óculos procura,
Tendo-os na ponta do nariz!
##
DO AMOROSO ESQUECIMENTO
Eu, agora – que desfecho!
Já nem penso mais em ti...
Mas será que nunca deixo
De lembrar que te esqueci?

DA CALÚNIA
 Sorri com tranqüilidade
Quando alguém te calunia.
Quem sabe o que não seria
Se ele dissesse a verdade...

DA AMIZADE ENTRE MULHERES
 Dizem-se amigas... Beijam-se... Mas qual!
Haverá quem nisso creia?
Salvo se uma das duas, por sinal,
For muito velha, ou muito feia...

DOS NOSSOS MALES
 A nós nos bastem nossos próprios ais,
Que a ninguém sua cruz é pequenina.
Por pior que seja a situação da China,
Os nossos calos doem muito mais...
#
Quintana de Bolso L e PM Pocket
 Imagem: Rene Magritte

3 comentários:

Rosamélia disse...

Elayne, adorei a sugestão do texto de Drummond.
Obrigada!!! Já postei ele no meu blog.

Ainoã disse...

Poesia em forma de sabedoria!Lindo!

Anônimo disse...

maravilhoso......
explendido......
teus poemas são maravilhosos......
obrigada por um momento maravilhoso em ter lido seu tão amado espelho magico...........

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...