terça-feira, 7 de abril de 2009

A verdade possível

#
A verdade é um labirinto.
Se digo a verdade inteira,
se digo tudo o que penso,
se digo com todas as letras,
com todos os pingos nos is,
seria um deus-nos-acuda,
entraria um sudoeste pela janela da sala.
Então eu digo a verdade possível,
e o resto guardo a sete chaves no meu cofre de silêncios.


#
#

3 comentários:

Maria José disse...

Às vezes, é preciso guardar parte da verdade para não constranger, não atrapalhar, não polemizar, não estragar, não ser inconveniente... Embora, ser verdadeiro e autêntico, mesmo nas piores situações, é viver em coerência com suas próprias crenças e convicções.

AMRITA PAKI disse...

Muitas vezes a questão do não dizer não se configura no "quê" mas sim no "como", pois verdades ditas com amor não doem e fazem a gente crescer.

AMRITA PAKI disse...

Outra questão da verdade é: de qual verdade se trata? para quem? verdades são subjetivas, servem para uns e não servem para outros. Então....do que mesmo que estamos falando?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...